Mitos do Empreendedorismo

Empreender é o sonho de muitas pessoas, porém empecilhos podem impedir ou adiar a sua concretização, como a necessidade de um ponto ou sala comercial, capital de giro, entre outras necessidades que um negócio precisa para iniciar. Entretanto, alguns são apenas mitos do empreendedorismo.

O empreendedorismo cresce no país, em meio às dificuldades como a crise financeira e a pandemia. Essa é a prova que empreender é possível mesmo com diversos obstáculos que o empreendedor pode enfrentar.

Assim, neste post, vamos falar sobre os 9 maiores mitos do empreendedorismo que você precisa saber. Confira!

1. Precisa de muito dinheiro e ter um espaço próprio

Pensar que precisa de muito dinheiro para começar um negócio próprio é um dos principais mitos do empreendedorismo. 

Empreendedorismo

Ter dinheiro para iniciar um negócio é importante, claro, porém, é possível obter linhas de crédito que permitem que você concretize o sonho de empreender, sem necessariamente ter todo o valor para começar.

Não ter muito dinheiro para ter um negócio é um dos mitos do empreendedorismo mais comuns, o que leva a muitos empreendedores que têm dinheiro a gastar de forma desordenada, inviabilizando o negócio a longo prazo.

Por isso, mesmo que você não tenha um grande capital para investir em sua empresa, comece a pensar e pesquisar as linhas de crédito oferecidas pelo mercado. Algumas delas possuem juros baixos e incentivo do governo, sendo boas opções para o empreendedor iniciante. 

Além disso, muitos empreendedores acreditam que precisam ter um espaço próprio, alugar um prédio ou escritório para começar, mas isso está ultrapassado.

Deixe  de lado esse que é um dos mitos dos empreendedores, escolha uma das opções mais modernas e utilizadas atualmente – os coworkings.  Esses espaços colaborativos de trabalho possibilitam que a sua empresa otimize os processos e diminua os custos. 

2. Não pode fracassar

Os fracassos fazem parte da vida de um empreendedor, e um dos grandes mitos do empreendedorismo é achar que fracassar é algo ruim e o fim para uma empresa.

Grandes e famosos empreendedores já fracassaram ao longo da sua história, mas nem por isso desistiram do seu negócio. O fracasso deve ser visto como uma forma de aprendizado e aperfeiçoamento, afinal, a cada tentativa, há uma melhora no processo até chegar ao sucesso.

3. Precisa ter ideias geniais

Um dos mitos do empreendedorismo e que a maioria acredita, é achar que um empreendedor precisa sempre ter ideias geniais. Inovar e ser criativo é preciso no dia a dia, porém nem todos os ramos de negócios tem essas características, e requerem outras demandas.

O setor do varejo, por exemplo, é uma área que ter ideias geniais não é de extrema importância, mas priorizar o bom atendimento e suprir as demandas dos clientes é muito mais importante. 

4. É preciso começar jovem

Começar jovem é outro dos mitos dos empreendedores, mas não é bem assim, pois diversos empresários que iniciaram negócios mais velhos foram muito bem sucedidos.

Um dos casos mais notórios e mundialmente conhecido é o do Coronel Sanders, que fundou a rede mundial KFC, a Kentucky Fried Chicken ou em portugês Frango Frito do Kentucky.

O Coronel Sanders fundou a rede de restaurantes KFC aos 62 anos de idade, no ano de 1952. Ah, mas a história do Coronel não para por aí, a sua ideia de frango frito, antes dele conseguir ter o seu primeiro restaurante, foi rejeitada por outros estabelecimentos, não apenas algumas vezes, mas 1.009 vezes antes do primeiro restaurante aceitar a proposta do KFC.

Assim, fica comprovado que idade ou tentativas frustradas não devem desanimar o empreendedor que tem o sonho de ter um negócio próprio, mas acha que é preciso começar jovem para concretizá-lo. 

5. Empreendedores nascem feitos

Empreendedores não nascem feitos como prega um dos maiores mitos do empreendedorismo, além de ser um equívoco, essa crença dificulta a busca por aprendizado e crescimento por boa parte dos empresários do país. 

Ao longo da vida, uma pessoa aprende e desenvolve diversas competências, uma delas é a capacidade de empreender. Atualmente, com tantos cursos e possibilidades para se desenvolver, não é preciso ficar preso a mitos antigos e irreais sobre empreendedorismo. 

Mesmo que algumas pessoas possam ter maior facilidade para empreender, é possível melhorar e permitir o desenvolvimento contínuo das suas habilidades para que seu negócio próprio seja bem sucedido. 

6. É necessário enriquecer rápido

Enriquecer rápido também pode ser considerado um dos mitos do empreendedorismo, mas não é bem assim, nem todos os empreendedores montam uma empresa com a ideia de enriquecer em curto prazo.

Para a maioria dos empreendedores, ganhar dinheiro é uma consequência do seu trabalho, a prioridade é ter o seu próprio negócio, se desenvolver e, com o tempo, alcançar ganhos maiores. 

7. O estresse do empreendedor é maior

Muitas pessoas demoram para tomar a decisão de empreender por medo do estresse, mas o empreendedorismo não está diretamente ligado a ter um dia a dia mais estressante. 

Saber lidar com as pressões no trabalho, ter momentos de lazer e ser mais compreensivo com as próprias falhas e a dos outros, são atitudes que ajudam a ter uma rotina menos estressante, seja como empregado ou empreendedor. 

8. Empreendedor não tem chefe

Ao contrário do que muitos pensam, que o empreendedor não tem chefe, ele não trabalha de forma independente. 

Todo empreendedor precisa arcar com diversos riscos, responsabilidades e prestar conta da sua atuação para muitas pessoas, desde os investidores do seu negócio até os colaboradores e família. 

Dessa forma, esse que é um dos mais principais mitos do empreendedorismo, não é real. 

9. É preciso fazer o que gosta para ter sucesso

Fazer o que gosta é importante para qualquer pessoa, inclusive para o empreendedor, porém não é primordial, pois há outros fatores que influenciam muito mais no sucesso de um negócio do que a paixão do dono pelo que faz. 

A linha de crédito e o mercado de atuação escolhido impactam mais no sucesso  do que apenas a paixão do empreendedor pela área escolhida. Por isso, além do amor pelo que faz, esses outros fatores também precisam ser considerados na hora de abrir uma empresa bem sucedida. 

Agora que você já sabe os maiores mitos do empreendedorismo, avalie com cautela os que você ainda acredita e tente tirar o sonho de ter um negócio próprio do papel o quanto antes.

Deixe um comentário

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *